domingo, 30 de março de 2014

Mercadito da Carlota - O que vimos e o que trouxemos





O nosso domingo começou bem cedo (principalmente para mim), mesmo com a mudança de hora, pois foi necessário preparar toda a logística que um almoço fora de casa para a menina da mamã implica.
E apesar dos fortes aguaceiros que se fizeram sentir durante a manhã, "equipamo-nos" e rumamos em direcção à Estufa Real e ao Mercadito da Carlota - Páscoa, para vermos de perto mais novidades para a nova estação.
Logo à chegada, o ambiente fervilhava de actividade, numa atmosfera primaveril decorada com flores. 
O espaço, que já conhecíamos de outras ocasiões, é fantástico, mas acabou por tornar-se pequeno para acolher tantos visitantes. A presença de muitas cadeiras e carrinhos, certamente motivada pela utilização de capas de chuva, tornou a circulação, por vezes, bastante difícil, bem como o acesso às marcas. A opção pelos marsupiais ou por slings acaba por ser a melhor alternativa, nestas situações.




Fizemos algumas compras, embora sem termos conseguido algumas peças que tínhamos em mente, pois mesmo tendo chegado pouco mais de meia hora após a abertura, já estavam esgotadas.

Mostramo-vos agora imagens das mesmas:




Em cima e da esquerda para a direita

1- Jardineiras-Calção com laço e aplicação de renda - Letras Bordadas
2 - Toalha de Praia - Tapa Fraldas
3 - Macaco em tecido LIBERTY, com corpo e alças em crochet rosa - Mix It

Em baixo e da esquerda para a direita

4 - Thermos com flores - Atelier da Tufi
5 - Uma surpresa para a avó - Omnia

sexta-feira, 28 de março de 2014

O melhor do meu dia - Aniversários Felizes





No melhor do nosso dia, partilhamos convosco a felicidade vivida no aniversário do papá e no aniversário de casamento dos avós maternos, que nos reuniu ao redor da mesa em festa!






quinta-feira, 27 de março de 2014

Crescer com Sabores - Nuggets de Frango Saudáveis





Nuggets de Frango Saudáveis


Hoje, temos uma receita clássica que os mais pequenos adoram e excelente para qualquer situação, dentro e fora de casa. Chega-nos pelas mãos da Su e do seu blog Suvelle Cuisine.

A Su é apaixonada pela vida, dedicando-se intensamente à sua família, à escrita, à cozinha saudável e equilibrada, bem como à fotografia, com o projecto que desenvolveu em conjunto com o seu marido, a Retractus.
Podem também ficar a conhecer melhor e a seguir a Su e o seu blog, através da
sua página de facebook.

Todos os créditos da receita, foto e sugestões de apresentação pertencem à Su e ao seu blog Suvelle Cuisine.




Ingredientes

300gr de peito de frango
1 cenoura
1 courgette
1/2 chávena de panko (ou pão ralado) + 1 chávena
2 c. sopa de farinha integral
2 c. sopa de queijo mozarela ralado
Sal

Método

Pré-aquecer o forno a 200ºC
Num processador picar o frango. Na bimby, pulsar o turbo por alguns segundos e para um resultado melhor usar o frango ainda congelado.
Lavar e descascar a cenoura e a courgette, mantendo porém alguma casca nesta última. Picar finamente no processador - na bimby programar a velocidade 7 durante alguns segundos.
Numa taça juntar o frango picado, os legumes, a farinha integral, a 1/2 chávena de panko, o queijo e uma pitada de sal.
Com as mãos molhadas formar os pequenos nuggets e envolvê-los no restante panko. Dispor num tabuleiro e levar ao forno cerca de 30 minutos ou até que fiquem douradinhos.

quarta-feira, 26 de março de 2014

A dieta do chocolate





Quantas mamãs adoram doces e chocolate sob as mais variadas formas e feitios?
Eu assumo já a minha grande paixão pelo mundo das sobremesas!
Ora, quando folheava virtualmente a Prevenir, encontrei um fantástico artigo, com texto elaborado por Vanda Oliveira, contando com a colaboração da dietista Marisa Costa, sobre uma dieta que inclui o consumo de chocolate em base diária!
Tive a oportunidade de ler mais sobre as propriedades benéficas do cacau, enquanto componente do chocolate, as principais características dos diferentes tipos deste último e receitas para reduzir o teor calórico, sem perdermos o sabor delicioso. Podemos também seguir um plano de refeições para 7 dias, sempre com a presença de chocolate.
Não resisti a partilhar esta "descoberta" no dia mundial do Chocolate! Podem ler o artigo aqui.





terça-feira, 25 de março de 2014

O tempo para ser criança




O tempo que vivemos tem os minutos e os segundos a correrem de forma acelerada. Tão depressa estamos a iniciar uma nova semana, como estamos a chegar ao fim da mesma, num abrir e piscar de olhos.

Quando eu era criança, os dias passavam a um ritmo suave, compassado pelas estações. Tinha tempo para tudo: ir à escola, fazer trabalhos de casa, brincar, passear…
O reflexo de uma sociedade sempre ligada e em rede, em que tudo está cada vez mais virtualmente próximo, acaba por nos afastar fisicamente uns dos outros.
Esta passada frenética reflecte-se também na nossa gestão de actividades diárias, onde tentamos fazer o máximo possível e o espaço para uma pausa, para ouvir o silêncio, para olharmos para aqueles que amamos, fica demasiado reduzido.

As crianças de hoje, e não afirmo isto por experiência própria dado que a menina da mamã ainda é uma bebé, mas pela partilha de tantos testemunhos de outras mamãs, acabam por ter um horário apertado que concilia escola e várias actividades, a par das rotinas do banho e das refeições. Acabam por ficar quase sem momentos livres para poderem brincar, viver as suas histórias de princesas, piratas e dragões e entrarem no seu mundo mágico.
Por outro lado, o acesso a muita informação, impulsiona o crescimento delas [crianças] de forma exponencial, sem haver uma maturidade que acompanhe esse mesmo crescimento.

É aqui que nós, mamãs e papás, entramos com a sábia dose de equilíbrio, que também vamos aprendendo e melhorando, para pegarmos nas mãos dos nossos filhos e lhe abrirmos as janelas do aqui e agora, para que eles sejam mais crianças e vivam o mundo com a tranquilidade necessária.




domingo, 23 de março de 2014

A Menina do Papá - Como influenciamos os nossos filhos






A propósito deste nosso post sobre a transmissão de gostos de pais para filhos, recebi imensos relatos de amigos, cada um diferente dos outros.

Enquanto uns relatavam que os gostos dos filhos eram semelhantes aos deles, outros diziam que os gostos dos filhos eram completamente antagónicos aos seus.

Na situação mais comum, os pais influenciam as preferências dos filhos, mesmo que o façam involuntariamente. Mas em certas áreas, é necessário plantar a semente para que venha a dar frutos. As artes e o gosto pela leitura são um bom exemplo.

As principais razões que levam os filhos a aderirem facilmente às preferências dos pais passam pelo facto de nos verem como modelos a seguir (daí a nossa opinião ser tão importante ) e por sentirem que algo transmite felicidade aos pais. Então, a criança naturalmente tenderá a gostar delas. A música é um excelente exemplo de como essa felicidade contagia os filhos. Mas não é por os filhos ouvirem muito algo, que passarão a gostar. Os pais muitas vezes "forçam" os filhos a ouvir musica clássica, mas se o clássico não estiver enraizado no seio familiar, não sortirá efeito. O ambiente onde os filhos vivem é extremamente importante para plantar essas sementes. Existe um documentário delicioso, que relata a experiência como pais, de conhecidos punk-rockers tais como Mark Hoppus (Blink-182), Flea (Red Hot Chili Peppers) ou Tim McIlrath (Rise Against) entre outros, como a suas vivências anarquistas influenciam o seu modo de serem pais, e como isso se reflecte nos seus filhos. Se tiverem oportunidade de ver, vale a pena.

Pela minha experiência como filho, sei que o facto de ter um pai cinéfilo que me levava aos fins de semana ao cinema, me moldou o gosto e o modo de o ver. Também pelo facto da minha mãe pintar e adorar ir a exposições, fez-me interessar pela pintura. Lembro-me também de "assaltar" a estante lá de casa, e ler os livros que o meu pai mais gostava, para tentar perceber porque faziam parte das suas escolhas, tal como quando aprendi a funcionar com o giradiscos, ir à descoberta na discografia lá de casa.

Como pai, e como já referi num post anterior, vou tentar mostrar o mais possível à nossa menina, de modo que ela mais tarde não rejeite algo, somente porque não conhece. Mas sei que um dia, vai chegar o momento de ela pegar num DVD/Blu-ray da estante e dizer "Mamã, gosto tanto do Tim Burton!"



sábado, 22 de março de 2014

Lisbon Kids Market - O que vimos e o que trouxemos




Este fim de semana, de 22 e 23 de Março, decorre a 3. edição do Lisbon Kids Market. É também a 3. vez que visitamos este evento que junta, num só espaço, colecções para os mais pequenos, para as mamãs, acessórios, brinquedos, workshops e muita diversão. Há semelhança das edições anteriores, fomos recebidos pela Corações com Coroa.

Numa atmosfera pintada a tons pastel, fomos descobrindo todas as novidades da próxima estação, com padrões floridos, às riscas, apontamentos em renda, bordado inglês e folhos, conjugando tecidos em harmonias deliciosas. A roupa para a praia não foi esquecida, passando pelas toalhas, fatos de banho, alpercatas e muito mais.

Apesar dos aguaceiros deste início de Primavera, aproveitamos o sol no jardim, cheio de animação e encontramos amigos.





Fiquem agora com as nossas compras. Aqui ficam a faltar as nossas alpercatas Sisal para a mamã e para a bebé, que estão encomendadas e umas aplicações em tecido da Rosa Pomposa para t-shirt's.





De cima para baixo e da esquerda para a direita:

1- Vestido Dollhouse com mangas em bordado inglês e renda, com um laço fantástico atrás;

2- Fofo Kiddos com padrão florido e apontamentos com bolinhas, mesmo querido;

3- T-Shirts de golas Maria Bolacha, giras e um must-have para o Verão;

4 - Vestido Alice Dot que é um amor, em dois padrões: riscas e cornucópias ;
5 - Cueca de Banho Sol Dot (uma fofura);

6 - Laços Acqua Collection Lemon Hair Lovers para a mamã;

7 - Fio com letra Etoile & Stars, um presente do papá também para a mamã;

sexta-feira, 21 de março de 2014

O melhor do meu dia - No dia da Felicidade, a menina da mamã!





Este dia é pleno de significados: integração, natureza, poesia e felicidade... E por falar em felicidade, o melhor do meu dia é e será sempre a menina da mamã!




quinta-feira, 20 de março de 2014

Qual será o dom da Menina da Mamã?





Todos nascemos com um ou mais dons.

Uns têm o dom da música, seja através do canto ou de algum instrumento… Outros o dom da dança... Outros ainda têm o dom de captar, com a lente ou com o pincel, momentos que se traduzem em películas, ficheiros ou telas.

Mas há muito mais dons do que aqueles relacionados com as artes. O que seria de nós sem aqueles que têm o dom de curar, o dom de ouvir e apaziguar os corações, o dom de ser mãe e o dom de ser pai?

Há também os dons divertidos e um exemplo disso é o dom de decifrar discos que passam a letra ao contrário como dizia o Nuno Markl num “O homem que mordeu o cão”, desta semana.

Ao olhar para a carinha curiosa da menina da mamã, pergunto-me qual será o dom ou os dons que ela vai ter, conforme for crescendo.
Para já, tem os dons dos abraços meigos, das gargalhadas cristalinas ou de atirar com as mais variadas coisas para o chão. E nós, mamã e papá, estamos a desenvolver os dons da maternidade e paternidade, aperfeiçoando as nossas capacidades a cada dia que passa.


quarta-feira, 19 de março de 2014

A Menina do Papá - Dia do Pai






Há um ano, ainda a menina se encontrava na barriga da mamã, recebia o meu primeiro presente do dia do pai, que adorei (a mamã sabe bem do que eu gosto), mas este é o primeiro que passamos mesmo com ela.


E entretanto aprendi que todos aqueles clichés sobre filhos são verdade. É maravilhoso sentir a alegria com que nos recebe, quando chegamos a casa e  nos estende os braços ou quando encosta a cabecinha no nosso ombro e adormece. E todos os dias me espanto pelo amor incondicional que um ser tão pequeno tem por nós.


Mas educar uma criança é a tarefa mais assustadora do mundo. Por enquanto, entre fraldas, banhos e noites mal dormidas, não é complicado. Mas à medida que o tempo for passando, essa dificuldade vai crescendo de um modo proporcional. Como pai, sei que terei sempre dúvidas se o caminho que a estou a ajudar a percorrer é o certo, se estou a dedicar o tempo suficiente, se lhe estou a proporcionar tudo o que ela necessita. Mas, no meio das minhas dúvidas, tenho a sorte de ter um excelente exemplo. O meu pai sempre esteve presente ao meu lado, apoiando-me, ajudando a derrubar os obstáculos com que me ia deparando. E é este o tipo de pai que pretendo ser. Alguém que estará sempre a iluminar o caminho, mostrar o mundo, dando as ferramentas para que a menina possa fazer livremente todas as escolhas que a vida ofereça. Mas sendo um pilar onde se poderá apoiar sempre que necessite. E que um dia possa dizer, tal como eu digo, que tem o melhor Pai do mundo.


Para todos, um feliz dia do Pai!


terça-feira, 18 de março de 2014

O [meu] guarda-roupa inventado - Inspiração em Zooey Deschanel




No outro dia, depois da menina da mamã ter adormecido, estava a passar os olhos pelas passadeiras vermelhas dos vários eventos de cinema e encontrei uma imagem da Zooey Deschanel nos Globos de Ouro, com o seu look perfeitamente "girlie", romântico e vintage.
Lembrei-me de uma entrevista dela, que li há algum tempo, em que referia que não tem nada contra vestir calças, mas adora roupa muito feminina, sendo a dominante em vestidos e saias.
Assim, o guarda-roupa de hoje abre as portas à inspiração de Zooey Deschanel!


 
Da esquerda para a direita e de cima para baixo:
Zooey Deschanel nos Globos de Ouro
 
Vestido comprido com apontamentos em renda - Alice & Olivia

Colar Pluma - Satya Jewelry 
Sapatos com tira e salto metalizado - Zara
Flor para o cabelo - Florentès

segunda-feira, 17 de março de 2014

Ser feliz é...





Ser feliz é...

Andar de baloiço e tocar no céu com os nossos pés!
Correr descalço na relva macia!
Chegar a casa com o aroma de um bolo acabado de fazer e ver uma fatia à nossa espera!
Uma chávena de chá acabado de fazer (pelo menos para mim, que me delicio com chá)!
Fazer castelos de areia, com túneis profundos e abrir um canal para as ondas entrarem e criarem pequenos rios!
Um abraço apertado dos nossos filhos (adoro os abraços da menina da mamã, são tão doces!!)!
Comer bolas de Berlim na praia!
Dormir a sesta nas tardes muito quentes de Verão! 
Depois de semanas de espera, segurar finalmente o nosso bebé nos braços, bem junto a nós!
Perceber que a menina da mamã está tão crescida que já chega aos bonecos do móbil (está na altura de os retirar, para não vir tudo atrás)!

A vida é feita de pequenos e grandes momentos felizes que guardamos no nosso coração e nos dão ânimo para os dias menos bons.







domingo, 16 de março de 2014

A Menina do Papá - Gostos de pais para filhos





Tal como falado aqui e aqui, algumas das grandes paixões da mamã e do papá  são o cinema e a música. E ontem, aproveitando um 2 em 1, fomos a uma sessão de curtas-metragens da Monstra, seguida de um concerto para bebés, na FNAC.
Assim como aconteceu no Festival Play, a menina esteve muito atenta a tudo ao que passava no ecrã, durante as várias curtas. E, enquanto, decorria a sessão de música, da responsabilidade da New Music School, com jogos e brincadeiras, envolvendo os bebés e pais, ao som da harpa, a menina esteve sempre muito divertida, batendo palminhas, deixando os papás orgulhosos. Está visto que temos em casa uma potencial Sofia Coppola ou uma Maria Callas.
Isto dos gostos serem transmitidos de pais para filhos tem que se lhe diga. É inevitável que os pais gostem que os filhos herdem os seus interesses, sejam estes uma arte, um desporto, ou mesmo algum tipo de colecionismo (algo que a menina pode estar descansada, que de mim não herdará), e que incentivem nesse gosto. Da nossa parte, tanto a mamã como eu, temos a intenção de lhe mostrar o máximo possível, deixando-a experimentar, tentando não influenciar, para que possa ir fazendo as suas escolhas ao longo da vida o mais consciente possível, estando a mamã e o papá a apoiá-la, quaisquer que elas sejam. Mas mentiria se dissesse que não ficaria feliz se ela nos disser:“Papá, mamã, amanhã estreia o do Tarantino, e eu já comprei bilhetes para nós."






quinta-feira, 13 de março de 2014

Quando o cansaço já pesa





Sempre tive a ideia (provavelmente iludida) que a menina da mamã ao crescer e ao aproximar-se de um ano de idade, passaria a dormir melhor.
No entanto, os últimos tempos não têm sido fáceis...O sono é muito leve e, por vezes, agitado, independentemente de se induzir um ambiente de calma, convidativo a um adormecer tranquilo.
Todas as noites e sem hora marcada (pode ser às duas, três ou cinco e meia da manhã), a bebé desperta e fica uma boa hora a rabujar ou nem por isso (por vezes, ri-se ou fica a palrar, sem deixar ninguém dormir). Basicamente está acordada e requer, naturalmente, a nossa atenção.
Ora, o papá e a mamã, no dia seguinte, não podem ficar a fazer a sesta da manhã e a sesta da tarde, recuperando o sono perdido... Quando chegamos ao trabalho, a cabeça parece que não quer pensar, as vozes fazem eco no nosso cansaço.
Andamos movidos a cafeína... E perguntamo-nos com frequência: quando é que vamos voltar a ter (todos) uma noite dormida do princípio ao fim?
Penso que ninguém saberá dar-nos a resposta, pois cada criança tem o seu ritmo.
Temos de nos aguentar, nem que seja a segurar as pálpebras.



quarta-feira, 12 de março de 2014

O melhor do meu dia - Dia de Festa




Este é um dia muito especial, pois o primo da menina da mamã e meu afilhado completa 8 anos!
Olho para trás e vejo como o tempo passou demasiado rápido...Como o bebé que vi a levantar a cabeça no seu berço, logo após o nascimento, está um rapazinho que já sabe ler, escrever, contar e adora conversar!
Que venham muito mais dias felizes, nos quais estaremos todos juntos ao redor da mesa, a cantar "Parabéns a você, nesta data querida..." e a vê-lo soprar um número de velas cada vez maior!





terça-feira, 11 de março de 2014

Sopa Cor de Rosa






O post de hoje não é mais uma receita para a rubrica "Crescer com Sabores", mas o  novo alimento que a menina da mamã está a experimentar: Beterraba!
Embora na sopa, a cor não seja tão vibrante como nas saladas, é a autêntica sopa em rosa, parecendo ser especialmente feita para meninas.
Adoro beterraba, se bem que na variante ralada ou às rodelas, com um pouco de vinagre. Nunca tinha provado no "formato" creme... Devo dizer que com peixe e sem sal, não me deixou particularmente tentada. No entanto, a bebé dedicou-lhe todo o seu apetite.
Até agora, a menina da mamã, à excepção da sopa de alface que não lhe despertou grande interesse, tem sido uma verdadeira gourmet!





domingo, 9 de março de 2014

Os primeiros receios






A menina da mamã, como já falámos em posts anteriores, é muito curiosa em relação a tudo o que a rodeia, sem mostrar qualquer receio.
No entanto, começou a reagir aos chamados "ruídos brancos", como o aspirador e mais recentemente, o secador de cabelo.
Nos primeiros meses, estes mesmos ruídos tinham um efeito calmante, ajudando até a dormir. Agora, a bebé agarra-se a nós, esconde a cara e até chega a choramingar.
Aconteceu o mesmo convosco?



sexta-feira, 7 de março de 2014

O melhor do meu dia - Mini-Férias




Estivemos de férias durante estes primeiros dias de Março. Não fizemos viagens, nem passeios para longe.
Vivemos o dia-a-dia devagar, aproveitando cada momento com a menina da mamã, que interage cada vez mais connosco e está cada vez mais meiguinha. Como todos os pais, notamos uma evolução veloz em que a bebé responde intensamente ao mundo e às pessoas que a rodeiam, com a curiosidade e o olhar novo de quem vê as coisas pela primeira vez.
Aproveitamos o sol e o ar primaveril para andarmos a pé pela cidade. Partilhamos momentos em família, à volta da mesa, revendo espaços que já conhecíamos.
Vivemos estes momentos tão desejados pela pausa na rotina e pela sua simplicidade.
Este post não é o melhor do meu dia, mas o balanço de dias felizes!




quarta-feira, 5 de março de 2014

Crescer com Sabores - Queques de Laranja e Sementes de Chia





Queques de Laranja e Sementes Chia



A nossa convidada de hoje é a Cristina, autora do blog Bago de Romã, que desde cedo se deixou fascinar pela cozinha e pelas técnicas quase "mágicas", com as quais os ingredientes se transformam em pratos deliciosos. Com a mãe, aprendeu a expressão "Do pouco, fazer muito", que tem norteado as suas receitas e a sua vida. 
A receita de hoje não é excepção às escolhas saudáveis e aos momentos felizes que a Cristina valoriza e partilha através do seu blog, cuja página do facebook podem seguir aqui.

Todos os créditos da receita (modo Bimby e tradicional), foto e sugestão de apresentação pertencem à Cristina e ao seu blog Bago de Romã.








Ingredientes:

laranja inteira (de preferência biológica sem químicos)
220g açúcar amarelo
150g de óleo vegetal
ovos
150g de farinha de trigo com fermento
150 farinha integral
colher (chá) de fermento em pó
colher (sopa) de sementes Chia
Margarina para untar as formas ou 18 forminhas de papel



(18 queques)

Modo Bimby

Pré-aquecer o forno a 200º.
Colocar as formas de papel dentro das formas, ou caso não tenha, untar as formas com margarina e polvilhar com farinha.
No copo da Bimby deitar a laranja com casca, mas semcaroços,  cortada em quartos e o açúcar. Marcar 50 Seg/ Vel.8, para reduzir a laranja e o açúcar a puré.
Colocar a Borboleta, juntar os ovos e bater 5 Min/Vel.4
De seguida juntar o óleo e bater mais 10 Seg/Vel.4
Retirar a Borboleta e deitar as farinhaso fermento e as sementes chia. Envolver 30 Seg/Vel.4
Deitar nas formas e levar ao forno 15 a 20 minutos. Convém vigiar, pois os fornos variam. Estão prontos, quando apresentarem uma cor dourada e não cederem ao toque.

Modo tradicional

Pré-aquecer o forno a 200º.
Colocar as formas de papel dentro das formas, ou caso não tenha, untar as formas com margarina e polvilhar com farinha.
Num copo liquidificador, deitar a laranja, com casca e sem caroços, juntamente com o açúcar e reduzir a puré.
Juntar os ovos e o óleo e bater cerca de 5 minutos, até obter um creme.
Por fim deitar as farinhas com o fermento e as sementes chia e bater mais uns segundos, para envolver a farinha no creme.
Deitar nas formas e levar ao forno 15 a 20 minutos. Convém vigiar, pois os fornos variam. Estão prontos, quando apresentarem uma cor dourada e não cederem ao toque.

segunda-feira, 3 de março de 2014

Filmes, Óscares e coisas afins - o antes e o depois da menina da mamã





Cá em casa, gostamos muito de cinema e sempre fomos, com a maior regularidade possível, ver filmes, assim que estreavam.
Íamos a festivais como o Indie Lisboa, o Docs ou ciclos que estivessem em exibição... 
Quando chegava a noite dos Óscares, ficávamos acordados a ver, mesmo com trabalho logo cedinho.

Com a chegada da menina da mamã e mesmo antes, durante a gravidez, os hábitos foram mudando. Eu tinha sono... Com a barriga a crescer, foram surgindo dificuldades em aguentar um filme inteiro, sem ter de ir à casa de banho ou permanecer na mesma posição, sem ficar com a perna dormente ou imensas dores lombares. A bebé desde cedo manifestou a sua opinião cinematográfica, decidindo dar verdadeiras "sovas" na mamã, com muitos pontapés sempre que víamos cenas mais agitadas e barulhentas.

Naturalmente, a disponibilidade, agora, é bastante reduzida, em termos de tempo e fomos deixando passar filme atrás de filme, para as versões em DVD ou Blu-ray... Acumulam-se aqueles que temos por abrir. 
E ontem, vimos os Óscares mais a dormir, do que outra coisa.

Mas, decidimos dar a volta e retomar as nossas noites de cinema, em casa e com a menina da mamã, a dormir tranquila.



domingo, 2 de março de 2014

Crescer com Sabores - Granola de Arroz Tufado e Pepitas de Chocolate






Granola de Arroz Tufado e Pepitas de Chocolate
(faz 1 frasco com capacidade para 1L)



Temos tido receitas para os vários momentos do dia e para diversas ocasiões, mas havia uma refeição essencial que ainda não tínhamos abordado:
o pequeno-almoço!
Quando convidamos a Patrícia e o seu blog, Fabrico Caseirosurgiu-lhe a ideia de uma granola a pensar nos mais pequenos, que apesar de ter chocolate, é uma opção mais saudável, pois é adoçada com mel, em vez de açúcar e não tem matéria gorda adicionada, uma vez que foram usadas claras para ligar os ingredientes.
A Patrícia herdou a paixão pela cozinha através da avó, tendo a mesa, rica em sabores e tradições, marcado os momentos especiais em família.
O gosto pela escrita aliado a esta paixão pela culinária fizeram nascer um espaço de partilha de experiências e de dias cheios de alegria e ternura!
Poderão também descobrir mais sobre as receitas da Patrícia através do facebook.
Todos os créditos da receita, foto e sugestão de apresentação pertencem à Patrícia e ao seu blog Fabrico Caseiro.





Ingredientes

2 chávenas de flocos de aveia integral
1 chávena de arroz tufado de cacau
1/2 chávena de amêndoas e avelãs com pele
2 c.sopa de sementes de linhaça
1/2 chávena de mel de rosmaninho (ou outro mel claro)
2 claras
1 chávena de café de pepitas de chocolate

Pré-aquecer o forno a 200ºC e forrar um tabuleiro retangular com papel vegetal.
Numa taça larga misturar os flocos de aveia com o arroz tufado, as amêndoas, as avelãs e as sementes de linhaça.
À parte, misturar o mel com as claras, ligeiramente batidas, até a misturar ficar líquida.
Verter este preparado na taça dos ingredientes secos e envolver bem.
Deitar o conteúdo todo para o tabuleiro, espalhando bem, e levar ao forno durante cerca de 15 a 20 minutos, ou até a mistura adquirir um tom dourado e estar ligeiramente crocante (a granola endurece à medida que arrefece); a meio da cozedura, remexer a mistura com um garfo, de forma a que toste uniformemente.
Retirar o tabuleiro do calor e deixar arrefecer completamente sob uma grade metálica.
Salpicar com as pepitas de chocolate e guardar a granola num frasco de vidro hermético.
Acompanhar a granola ao pequeno-almoço ou ao lanche, com leite frio ou iogurte natural.