terça-feira, 24 de setembro de 2013

Quando o sol se esconde



Hoje, escrevo com a menina da mamã a dormir tranquilamente ao meu colo... Desde que regressei ao trabalho, todos os momentos em que estamos assim juntinhas, juntinhas, sabem a pouco.
Ao chegar a casa, diariamente, há muitas tarefas para tratar que, com a ajuda indispensável do papá, concluímos rapidamente. Por vezes, parecemos personagens de um filme em fast forward... O duche do final do dia ajuda a retemperar forças.
Voltamos ao passo acelerado: aquecer água, preparar a papa, "vestir" a bebé com a sua indumentária de refeição, sentá-la na cadeira e finalmente descontrair... A menina da mamã já gosta e aproveita todas as colheradas do seu jantar. Depois, há tempo para brincar cada vez com mais vontade.
E com passinhos leves, o sono vai chegando a todos... Lá fora, o vento começa a sacudir as folhas das árvores, as nuvens povoam o céu nocturno...
Cá dentro, reina a calma e deixo-me derreter nos rostos adormecidos que enchem o meu coração... This is our happy place!







Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados