quarta-feira, 24 de setembro de 2014

A Menina do Papá - Complô feminino






Quando, há pouco mais de um ano, decidimos criar um blog e surgiu o nome “A Menina da Mamã”, eu adorei, pela ironia do título. As meninas são sempre “meninas do papá” e a minha não seria excepção. Com quem ela vai jogar à bola? Quem a porá às cavalitas nos concertos? Quem vai dançar com ela? Quem vai nadar com ela “fora de pé”? Quem irá com ela ao marquês comemorar a vitória no campeonato? Com quem ela vai comparar todos os rapazes, e chegar à conclusão que nenhum é suficiente bom para ela? Eu, pois claro.

No entanto, algo não previ. A solidariedade feminina contra o elemento masculino na casa. A menina do papá já sabe dizer o nome dela, a sua idade (conta até três), sabe dizer avô, avó, água, bola, não, já diz todas as vogais, e claro, desde os 7 meses que a palavra “mamã” já lhe sai da boca. E está naquela fase de tentar repetir todas as palavras que lhe ensinam.

Todas? Bem, todas excepto uma. E ela é, nem mais, nem menos que “Papá”. Quando lhe peço para a repetir, ela ri-se e nem um esforço para que saia qualquer som.  Está a fazer de propósito, eu sei… até acho que houve uma ocasião que a vi piscar o olho à mamã, enquanto repetidamente lhe dizia “papá, papá”.

A melhor forma de descrever esta situação em duas palavras é… complô feminino! 
Em vossa casa, também é assim?

[a menina da mamã está a usar um vestido White Tea - Tea Time e um Laço Baby Basic Pêssego - Lemon Hair Lovers]


Até já!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados