quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Coração de Mamã





Há muita coisa que, enquanto filha, nunca consegui ter a noção, mas agora como mamã vejo com outros olhos.

O meu coração, em relação à minha bebé, fica apertado quando penso que algo possa não estar bem com ela, que possa estar com dores que eu não consigo eliminar, que possa estar doente... Enfim, o que qualquer mamã deseja é que os seus filhotes nunca passem por nenhuma espécie sofrimento. Para além disso, sempre tive uma imaginação particularmente fértil e pessimista, que me leva a pensar em cenários altamente improváveis e a angustiar-me normalmente sem motivo.
É aqui que entra o apoio indispensável do papá, trazendo a mamã de volta à terra e à razão.
Hoje, foi um desses dias, pois a bebé sempre risonha e tranquila teve um ataque de choro muito forte e não antes visto, sem causa aparente. Talvez eu ande mais sensível ou a ler demasiada informação sobre doenças infantis... O que é um facto é que deixei-me ir abaixo. Poderão pensar "o quê?! Por tão pouco???"
O coração tem razões que a razão desconhece, como dizia Pascal, e o coração de mamã encontra razões absolutamente ocultas e por vezes absurdas para qualquer mente sã e racional.
Afinal, como já li tantas vezes, a minha filhota é a única que conhece o som do meu coração por dentro.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados