sexta-feira, 22 de abril de 2016

Dia da Mãe





Com Maio, mês de Maria, mesmo a chegar, chega também mais um dia especial para todas as mamãs.

Este é o primeiro que vou celebrar com a Alice e com o Afonso e deixa-me verdadeiramente feliz!!!!




No entanto, não vou dar um ponto de vista totalmente cor-de-rosa. Ser mãe nem sempre é fácil… Surgem muitas dúvidas se estou a fazer o melhor pelos meus filhos; a frustração de, entre o trabalho e as rotinas caseiras, muitas vezes não ter todo o tempo livre que gostaria para me dedicar exclusivamente a eles; o cansaço das noites mal dormidas; a angústia (talvez de mãe galinha) que sinto sempre que penso que algo pode não estar bem com eles (física e/ou emocionalmente); o desgaste que as birras e as teimosias causam (sim, as birras são normais em todas as crianças, mesmo nas mais meigas )… 



Mas o Amor que preenche e extravasa cada fibra do meu ser, que faz com que as lágrimas inundem os olhos numa alegria que cala qualquer palavra… Esse começou a crescer no dia em que soube que estava grávida da Alice, continuou a aumentar a cada dia, ainda mais com o Afonso e nunca mais vai parar. Vão existir momentos difíceis, zangas, desafios, mas faz parte disto de ser mamã e de ser filha/filho (porque também eu continuo a ser filha), numa aprendizagem permanente.


No jardim zoológico (não, não corri risco de vida, pois a minha mãe sempre foi muito cuidadosa, como se pode reparar pela mão junto a mim)



Até já!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados