quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Complô Feminino - A resposta da Mamã





O papá descreveu o “verdadeiro” complô feminino que se formou cá em casa, aqui. A mamã leu calmamente e pensou que uma resposta estava na ordem do dia.

Apesar de ser [para já] um pouco “maria-rapaz”, com quem é que a menina da mamã irá às compras [bem sei que depois serão as amigas a assumir este papel]? Quem irá emprestar aquele colar cheio de pinta? Quem vai ensiná-la a maquilhar-se [daqui a muitos e bons anos, por favor!!!]? Com quem irá ela fazer bolinhos deliciosos? Quem irá saber, de cor, todas as letras das músicas do momento e cantá-las em conjunto? Quem irá compreender os “dramas” da adolescência [e pré adolescência]? A mamã!! Por isso, o nome “A Menina da Mamã” está perfeitamente adequado ;)







No meu lado da família há, de facto, uma grande tradição feminina, cheia de mulheres fortes, generosas e criativas que foi passando, naturalmente, de mãe para filha e reforçada entre irmãs. Entre a mamã e a menina, há também este laço profundo e indizível de amor!
Mas, é claro que estes laços não se restringem às mamãs… São igualmente fortes, duradouros e únicos com os papás!!
Voltando à questão da palavra “papá”, todos já percebemos que não tem nada que ver com o facto da letra “P” ter uma fonética mais difícil de verbalizar do que a letra “M” :)! Deve ser mais uma questão de signo… A menina da mamã e o papá são carneiro… e não são nada teimosos… Nada mesmo…

Veremos até quando dura esta “vontade” de contrariar…

Até já!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados