quinta-feira, 3 de julho de 2014

O que mudou na vida da mamã





Antes de me tornar mamã, havia uma série de coisas que não fazia parte do nosso quotidiano ou já tinha deixado de o fazer. Com a chegada da menina da mamã, eis-me capaz de abandonar uma existência comum, para descobrir capacidades “extraordinárias”, tais como:

1 – Adormecer tarde, dormir mal durante a noite e continuar a acordar cedo no dia seguinte: na minha condição de mamã, tudo começou a acontecer ainda antes do nascimento, pois a partir dos 7 meses (já não consigo precisar as semanas), passei a viver com uma série de desconfortos próprios do 3.º trimestre de gravidez, afectando o sono. Assim, sensivelmente há 17 meses que continuo a surpreender-me com a superação da minha anterior condição de dorminhoca.

2 –Beber café: Pode parecer estranho, mas não gosto de beber café. Apesar de gostar do sabor em molhos, sobremesas, batidos ou cappuccino, o café puro e simples sempre me soube mal. No entanto, o cansaço opera grandes alterações e para além do chá preto (supostamente com um índice de cafeína superior e do qual gosto muito), quando os dias estão mesmo complicados, vai uma dose extra de café (cheia de açúcar para disfarçar) para aumentar a energia!

3 – Ver desenhos animados com frequência: Adoro desenhos animados (quer em versão episódio de televisão, quer em versão filme), mas conforme a idade foi avançando, o hábito de os ver foi-se perdendo. Actualmente, se for preciso, dou por mim a ligar automaticamente a televisão e a colocar nos canais de animação, mesmo quando a menina da mamã está a dormir ou não está a sequer a ligar.

4 – Preparar programas todos os fins de semana: Como boa dorminhoca que era, ficar a “preguiçar” um bom bocado e tratar das coisas da casa com calma acabava por acontecer. Actualmente, e porque é tão importante para as crianças contactarem com espaços e actividades novas, tentamos preparar sempre algo fora de casa (é claro que no inverno, torna-se mais difícil sair).

5 – Malabarismo entre sacos, carrinho e menina: Sempre fui multi-tasking, mas conciliar em permanência sacos, carrinho e menina elevou esta capacidade a novos níveis. Um dos grandes desafios que tenho de concretizar, é aprender a andar com menos coisas atrás.

6 – Falta de memória: A facilidade em fixar informações, sem precisar de anotar ou colocar "lembretes", desde contactos telefónicos, passando por datas de aniversários, até aos factos mais diversos, simplesmente desvaneceu-se. O meu computador, telemóvel e frigorífico são um mar de post-it virtuais /reais. Mesmo assim, ainda consigo esquecer-me de imensas coisas para fazer…

Também vos aconteceram situações parecidas? Contem-nos tudo!


Até já!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados