domingo, 17 de novembro de 2013

O melhor do meu dia - a hora de dormir


O dia de hoje foi pontuado por muito choro e rabugice, resultantes do mal estar inerente aos primeiros dentes. 

A menina da mamã está um poço sem fundo de miminhos e colo, o que tornou qualquer tarefa diária muito difícil de concluir. O sono é leve e sabe melhor quando a mamã ou o papá estão de pé. 
Conclusão, as minhas costas estão que nem podem, os braços nem os sinto, os olhos querem fechar-se. 

A par deste quadro, a mudança de fralda sucede-se a uma velocidade vertiginosa, cheias de presentes mal cheirosos... Deu mesmo direito a uma muda integral de roupa.

A minha almofada parece uma visão do outro mundo, à qual tanto desejo encostar a cabeça e ir, finalmente, dormir!!!!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados