domingo, 18 de agosto de 2013

O que faz uma aventura?



Nunca me considerei uma pessoa muito aventureira, aliás pelo contrário... Por exemplo, quando viajo, gosto de levar tudo o mais organizado possível, pelo menos no que respeita a transportes e alojamento. Como já escrevi num post anterior, levo tempo a ficar de malas aviadas, pois tento enquadrar o maior número de situações possíveis, quer meteorológicas, quer logísticas. Soa a aborrecido?
Talvez, mas cada um é como cada qual.
Não quer dizer que eu seja uma absoluta resistente ao improviso, mas até para improvisar são precisas algumas coisas básicas.
Com a menina da mamã, as prioridades centram-se sempre nela e em tudo o que ela possa precisar. Por ser ainda tão pequenina e ter uma série de coisas que são indispensáveis, nomeadamente ao nível da alimentação, ainda não arrisco deslocações internacionais.
No entanto, de uma coisa eu e o papá temos a certeza: a nossa bebé é a grande aventura das nossas vidas!!



Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados