segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Ares de Sábado






Sempre gostei do Inverno, dos dias frios e de sol, das tardes de chuva passadas no sofá com uma chávena de chá… Até me ter tornado mamã. A estação fria passou a ser sinónimo de muitas restrições nas saídas (principalmente, porque o tempo tem sido mais chuvoso do que frio) e camadas de roupa que tornam qualquer programa sujeito a grandes demoras (só para conseguir ter os filhotes prontos, mais uma muda de roupa para o pequenino). Posso afirmar, nos dias de hoje, que estou desejosa que chegue o tempo ameno.



Neste fim de semana, conseguimos aproveitar as manhãs para arejar. No sábado, tivemos uma estreia com a Alice e o Afonso: fomos até ao Parque do Alvito, em Monsanto. Esta visita foi adiada até a Alice ser mais crescida e autónoma para brincar, de modo a poder aproveitar mais tudo o que o espaço oferece. Apesar de ter algumas “atracções” em manutenção, continua a ser muito agradável.









Um pouco à margem destes passeios, e já há algum tempo, tenho reparado num aspecto que não posso deixar de partilhar: a quantidade de crianças que não usam chapéu ou alguma forma de protecção na cabeça, em relação à exposição solar, é enorme. A comunidade médica tem indicado continuamente que o sol faz bem, se devidamente aproveitado e nas horas correctas, seja no Verão ou no Inverno. Os mais pequeninos não devem andar expostos (e os mais crescidos também não, se bem que a sensibilidade da pele é maior nos mais novos pela imaturidade das barreiras naturais), mesmo quando a intensidade solar não é tão elevada.

Reflexão concluída.


Até já!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários estão sujeitos a moderação, pelo que após a mesma, serão publicados